Arquivo da tag: Autoconhecimento

A impossibilidade de dar conta de tudo

Patrícia Saar Paz*

 

Alguns clientes, após sessões muito mobilizadoras, já me perguntaram você não sai daqui exausta depois de tanto sofrimento?. A verdade é que, sim, às vezes eu saio. Pode acontecer, e os leitores e leitoras que são clientes sabem disso, da sessão ser mobilizadora para mim também, e eu me emocionar junto. Seja por uma tristeza muito dolorida ou uma felicidade transbordante. Sem pedidos de desculpas no final, acontece.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Psicoterapia

O que sua vida financeira diz a seu respeito?

Patrícia Saar Paz*

Você dedica tempo pensando em sua vida financeira? Saberia dizer com confiança quais são seus rendimentos e despesas mensais? Tem reservas para eventualidades? Já ficou – ou está – endividado/a, com nome sujo, no cheque especial?

Não é comum que conversemos sobre dinheiro no cotidiano e tampouco que as pessoas cheguem ao consultório de psicoterapia queixando-se de suas vidas financeiras. O que o trabalho psicoterapêutico poderia ter a ver com as finanças do cliente, então?

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Psicoterapia, Temáticas Contemporâneas

A família que escolhi

Patrícia Saar Paz*

Constituir família: casar, ter filhos. Esse pode ser o grande sonho de muita gente. É um sonho tradicional, bonito e, porque não dizer, um tanto comum. Não causa espanto a ninguém quando é declarado e há quem diga, inclusive, que é natural e necessário para uma vida feliz e completa.  

Quando tratamos a constituição da família como um desejo óbvio, deixamos de refletir criticamente sobre tudo que está envolvido nesse projeto.  Casar e/ou ter filhos não são etapas naturais da vida, como a queda dos dentes de leite. São escolhas que podem gerar satisfação, crescimento e alegria.

Ou não.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Família

Você precisa descansar

Patrícia Saar Paz*

voce-precisa-descansar

A maioria das pessoas não consegue descansar por não saber como fazê-lo. É assustador e é algo que observo diariamente no consultório. As queixas de cansaço são constantes e os “métodos” de descanso relatados são bastante parecidos e predominantemente ineficazes.

Por isso, aproveitaremos o retorno das férias para conversar sobre o assunto e, quem sabe, estender a sensação de “baterias recarregadas” por mais tempo. Vamos?

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Como você pode ser feliz?

Patrícia Saar Paz*

yayoi-kusama

Reclamamos, escrevemos e lemos textões em redes sociais. Ficamos indignados – e passamos um bom tempo nutrindo essa indignação. Guardamos mágoas, remoemos frustrações, contamos (mais de uma vez) todas as coisas desagradáveis que nos aconteceram ou soubemos ao longo do dia. Tudo isso pode nos tornar bastante miseráveis. Mas queremos muito ser felizes.

Naturalmente, não há uma fórmula para felicidade – desconfie de qualquer pessoa que prometa revelar tal coisa, pois as definições do que é felicidade, os meios para alcançá-la e mesmo sua vivência serão diferentes para cada um. Mas é seguro dizer que alguns comportamentos minam nossas possibilidades de sermos felizes.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Relacionamento

Você pode querer

Patrícia Saar Paz*

televisao-de-cachorro

Nos anos de educação infantil aprendi a dividir o lanche com colegas de sala: oferecia o meu e aceitava o alheio. Mais velha, mantive o hábito de ter lanches na bolsa e oferecer a quem estivesse por perto. Aceita? Pode querer! eu ainda digo, dando espaço para a vontade alheia se manifestar quando ela aparece escondida por detrás de uma ideia estranha de boa educação.

Você pode querer é uma frase que me acostumei a “informar” para clientes. Nada tem a ver com “querer não é poder”, eternizado no poema de Fernando Pessoa. Pode ser surpreendente para você, mas há quem não se sinta autorizada/o a querer. O impedimento pode ser tão forte para alguns que, diante da possibilidade de manifestar sua vontade, aparecem confusão e medo.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Relacionamento

O que você quer levar?

Patrícia Saar Paz e Vinícius Cavalcanti de Abreu*

O que você quer levar

Retornamos às publicações do blog com uma novidade: o Multiverso Terapêutico agora é também um espaço físico. Neste ano de 2016 nossa “morada” virtual passou a não ser suficiente para comportar todos os sonhos e projetos, daí a decisão de concretizarmos o consultório do Multiverso. A procura por esse espaço e sua preparação para receber clientes e parceiros demandou muito de nosso tempo e dedicação. Por isso o pequeno silêncio antes de reativarmos as postagens do blog. Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Psicoterapia